terça-feira, 30 de novembro de 2010

Piscinas de traficantes fazem a festa de crianças no Alemão

.
Eu estive pessoalmente no Complexo do Alemão e fiz dois vídeos de jovens tomando banho na piscina das casas de traficantes, e recebi diversas críticas de que eu estaria colocando a vida dos meninos em risco, e resolvi bloquear os vídeo no youtube.

Mas o jornal O Globo on line fez o mesmo vídeo e divulgou no seu site (clique aqui e veja) mostrando o rosto dos meninos.

Fotos do vídeo do Globo on line.

O jornal o Dia on line também fez a mesma matéria e colocou uma foto dos meninos tomando banho na piscina (matéria abaixo)

Após analisar as duas matérias do jornal O Globo e do O Dia, de conversar com algumas pessoas, cheguei a conclusão de que os meus vídeos reproduzem as mesmas imagens exibidas pelos jornais citados, dessa forma, entendendo não estar expondo nenhuma pessoa em risco, mas apenas exercendo o meu direito constitucional de informar, liberei novamente os vídeos.

Abaixo os meus vídeos.





Rio - As piscinas das casas de traficantes no Complexo do Alemão, na Zona Norte, continuam fazendo a festa das crianças da comunidade, após a ocupação da região no domingo. Nesta terça-feira, ao menos 15 delas tomavam banho na piscina do traficante conhecido como Barrão, ligado ao chefe do tráfico na região, Luciano Martiniano, o Pezão.

Logo após a saída das forças de segurança dos imóveis, durante a ação de domingo, os moradores do conjunto de favelas invadiram as áreas de lazer das casas construídas com o dinheiro do tráfico. Questionada sobre quem era o morador do imóvel, uma menina de 13 anos que tomava banho de roupa no local disse: "sei e não sei". "Não vou dizer nada. Não sei quem vai estar aqui amanhã", afirmou a adolescente. A casa, de azulejos novos e pintura recente, foi depredada...mais clique aqui

PM prende o tal de Rafinha foragido do Alemão em favela da Zona Oeste do Rio

.
Depois ainda tem gente que reclama da polícia no Rio de Janeiro, vejam só, o vagabundo trocou tiro com a PM e ainda foi capturado "vivo".

Fala sério, esses vagabundos andam com muita sorte, todos estão sendo presos vivos !

Reprodução do site g1.com

Uma denúncia anônima levou policiais do 27º BPM (Santa Cruz) a prenderem, nesta terça-feira (30), mais um suspeito de ser chefe do tráfico, desta vez, da Favela do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Policiais checavam a informação de que criminosos do Conjunto de Favelas do Alemão e da Vila Cruzeiro, na Zona Norte do Rio, teriam fugido e se escondido na região e chegaram até Rafael Ribeiro da Silva, o Rafinha, de 29 anos. Outros dois homens apontados como traficantes já tinham sido presos nesta terça: William Negão, da Cidade de Deus, e Daniel Papai, da Favela de Manguinhos.

Rafinha chegou a trocar tiros com os policiais, mas acabou capturado. Com ele, foi encontrada uma pistola. A polícia não informou se ele tem ligação com traficantes do Alemão. Rafinha foi levado para a 36ª DP (Santa Cruz), onde o caso foi registrado.

A prisão de William Paulino, de 31 anos, o William Negão, ocorreu em Senador Camará, tambén na Zona Oeste, nesta tarde. Policiais do 14º BPM (Bangu) receberam denúncia anônima e o encontraram em uma casa na Rua Ricardo do Pilar. Ele foi detido sem oferecer resistência à prisão, apesar de estar com um revólver. O caso foi registrado na 34ª DP (Bangu). Segundo os policiais, a prisão de William Negão não tem relação com as operações policiais e fuga de traficantes do Alemão.

Complexo do Alemão depois da guerra contra o crime, agora a guerra pela notícia

.
O Complexo do Alemão virou palco da maior operação policial já feita no Brasil, o país e o mundo pararam para acompanhar cada minuto dessa guerra.

Enquanto policiais e bandidos travavam uma guerra, os meios de comunicação travavam outra pela busca da notícia, pelo furo de reportagem, agora, a Rede Record resolveu até virar um "morador" do Complexo do Alemão para noticiar com mais profundidade o dia a dia dos moradores.

Parabéns pela iniciativa da Rede Record, e que os maiores beneficiados sejam os moradores.

Reprodução do site R7.


Entrevistar os moradores por alguns minutos não é suficiente para compreender a rotina no Complexo do Alemão após a ocupação das forças da segurança pública. Para acompanhar o dia a dia das pessoas na comunidade, desde a compra do pãozinho para o café da manhã até as noites com as ruas ocupadas por militares, a Rede Record estará presente em uma casa na região.

Além de verificar se há momentos de maior tensão, outro objetivo da equipe de reportagem da emissora é mostrar como estão evoluindo a prestação de serviços públicos no local.

Dois repórteres se alternarão na casa, que tem dois quartos, sala, cozinha e um banheiro. Embora seja de dois andares, a parte de cima não pertence ao mesmo proprietário.

O jornalismo do R7 fará a cobertura dessa experiência, trazendo as curiosidades desse trabalho no Alemão.

Traficantes de facções rivais disputam a bala o Morro do Dezoito

.
Complicaaaaaaado !!!

Na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão a maior operação policial já feita pela polícia do Rio com a ajuda do Exército, mas não muito longe, no Morro do Dezoito, traficantes de facções rivais disputando a bala uma comunidade.

E aí ?

Reprodução do jornal O Globo on line.


RIO - Policiais militares do 3º BPM (Méier) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar, com o apoio de um veículo blindado, fazem uma operação no Complexo do Dezoito, em Água Santa, na manhã desta terça-feira.

Desde as 9h, moradores denunciam uma intensa troca de tiros no local. Segundo eles, o confronto é entre traficantes de facções rivais.

Pela manhã, moradores da área da Piedade, na Zona Norte do Rio, informam que ouviram muito tiros na região.

Os alunos do turno da manhã do Centro de Educação Tecnológica e Profissionalizante (Cetep) Quintino estão sendo liberados. A unidade fica na Rua Clarimundo de Melo, que dá acesso ao Morro do Dezoito. A escola está em contato direto com o o 9º BPM (Rocha Miranda), que atua na área, e, segundo a direção, as aulas no turno da tarde estão mantidas.

Um comerciante que trabalha na Rua Violeta, em Água Santa, contou que o clima nas proximidades do Morro do Dezoito é de pânico. Segundo ele, o tiroteio da manhã durou mais de uma hora. Ele acrescentou que as pessoas que andam nas ruas estão assustadas e, quando ouvem tiros, correm para se abrigar em lojas. Alguns moradores contaram que o comércio fechou as portas em parte das comunidades e alguns pais, assustados com a situação, buscam seus filhos nas escolas.

No Twitter, o perfil @shalimarcarla informa que o tiroteio intenso "parece ser entre bandidos".

Últimas notícias sobre a operação policial no Complexo do Alemão

.

A operação policial no Complexo do Alemão continua, armas e drogas estão sendo apreendidas, abaixo posto as últimas notícias veiculadas no site R7.

Defensoria Pública instala ônibus para atendimento jurídico no Alemão.
Em duas horas, defensores já receberam 30 atendimentos.
Um ônibus da Defensoria Pública do Rio de Janeiro começou nesta terça-feira (30) a realizar atendimentos jurídicos no Complexo do Alemão, zona norte da capital. Após chegar na comunidade, em apenas duas horas, foram cerca de 30 atendimentos realizados.
De acordo com o defensor Denis Sampaio, coordenador criminal do órgão, as primeiras pessoas que procuraram a defensoria pediram esclarecimentos sobre segunda via de documentos e somente três apresentaram reclamações sobre a ação de policiais...mais clique aqui

Maconha não tem asa, fuzil não tem perna”, diz Beltrame.
Secretario de Segurança do Estado conversou com internautas nesta terça.
Em uma conversa com internautas na tarde desta sexta-feira (30), o secretario de segurança do estado José Mariano Beltrame explicou que investigações serão feitas para descobrir como toneladas de drogas e centenas de fuzis chegaram ao alto do Complexo do Alemão.
- Maconha não tem asa, fuzil não tem perna.
Para o secretario, chegou a hora de executar ações. Para Beltrame, a polícia precisa mostrar resultado...mais clique aqui

Apreensões de fuzis no Alemão e na Penha já superam o total recolhido em seis meses.
Polícia estima que 400 fuzis ainda estejam escondidos nos dois complexos.
O total de fuzis apreendidos em uma semana nos complexos de favelas da Penha e do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, já é maior do que a quantidade recolhida durante os seis primeiros meses do ano em todo o Estado.
De janeiro a junho de 2010, 82 fuzis foram retirados de circulação, de acordo com a Drae (Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos), enquanto no Alemão e nas favelas da Penha, a polícia apreendeu pelo menos 96 fuzis nos últimos sete dias.
O número corresponde ainda a praticamente 42% do total de apreensões de fuzis no ano de 2009: 227, o que dá a dimensão do poderio bélico da quadrilha.
O número de apreensões durante as operações da última semana, apesar de impressionante, representa apenas 19% do total de fuzis que investigadores da Delegacia da Penha (22ª DP) estimam para a região. Somados, os dois complexos teriam um arsenal de aproximadamente 500 fuzis, sendo 200 na Vila Cruzeiro e 300 no Alemão.
O prejuízo estimado só com apreensões de fuzis esta semana já ultrapassa os R$ 3,8 milhões. Os policiais acreditam que boa parte desse arsenal de guerra ainda esteja na região, escondido em ‘bunkers’ (esconderijos subterrâneos) que ainda não ou até mesmo estocados em paredes falsas de imóveis usados pelos traficantes...mais clique aqui

Operações da PM em favelas prenderam 124 suspeitos desde o dia 22.
Ao todo, 37 pessoas foram mortas; 215 armas foram recolhidas.
A Polícia Militar divulgou na noite desta terça-feira (30) um novo balanço das operações que fez em favelas para tentar prender suspeitos de participarem da onda de ataques na região metropolitana fluminense.
Segundo o levantamento, entre o último dia 22 e o final da tarde de hoje, no período, 37 pessoas morreram, 124 suspeitos foram presos e 148 pessoas foram conduzidas para delegacias. Cinco presos ficaram feridos em confrontos...mais clique aqui

PM apura fuga de bandidos do Alemão para Campo Grande.
Há denúncias de que criminosos foram para o conjunto Santa Margarida.
Policiais militares ocupam desde a manhã desta terça-feira (30) o conjunto Santa Margarida, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, para apurar denúncias de que criminosos do Complexo do Alemão fugiram para o local.
Até o final desta tarde, não há registros de tiroteios, nem de prisões...mais clique aqui

Polícia prende traficante número dois de Manguinhos.
Daniel Papai foi preso em Pendotiba, em Niterói.
A Polícia Civil anunciou nesta terça-feira (30) a prisão do traficante conhecido como Daniel Papai que, segundo as investigações, é o segundo na hierarquia do tráfico na favela de Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro.
Daniel Papai foi preso no bairro de Pendotiba, em Niterói. Ele tentou fugir e foi baleado. Foi internado no hospital Azevedo Lima, no mesmo município, mas não corre risco de morte...mais clique aqui

Lula: militares ficarão no Rio o quanto for necessário.
Presidente ressalta que é preciso parceria com Estados.
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (30) que as Forças Armadas continuarão no combate ao tráfico de drogas no Rio de Janeiro o tempo que for necessário, para garantir a paz. Após visitar o canteiro de obras de uma usina hidrelétrica no rio Tocantins, Lula ressaltou a parceria entre os governos do Estado e federal na operação...mais clique aqui

Moradores de Itaboraí se assustam com pichações do “bonde do complexo”.
Disque-Denúncia bateu recorde de ligações sobre traficantes.
Os moradores de Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro, estão assustados com a possibilidade da presença na cidade de traficantes do Complexo do Alemão, zona norte da capital. Na manhã desta terça-feira (30) habitantes de Manilha se depararam com pichações com frases como “bonde do complexo, chegamos”.
De acordo com uma moradora do bairro, que não se identificou, as pichações estavam por diversas partes do bairro.
Somente até o início da tarde desta terça, o Disque-Denúncia da Polícia Militar de Itaboraí recebeu três ligações sobre a presença de traficantes nos bairros do centro, Nova Cidade e no município de Penedo. Nenhuma das denúncias foram confirmadas, de acordo com a PM...mais clique aqui

Polícia acha bunker semelhante ao das Farc no Complexo do Alemão.
No local, foram encontrados oito fuzis calibres ponto 30 e 50.
A assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que agentes da Delegacia do Catete (9ª DP), na zona sul, acharam nesta terça-feira (30) um bunker com armas e drogas na favela da Fazendinha, no Complexo do Alemão, na zona norte.
De acordo com policiais, esse bunker é semelhante ao usado pelas Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) para esconder armas. No local, foram achados ao menos oito fuzis de calibres pontos 30 e 50, utilizados para derrubar aeronaves, além de 500 kg de maconha e grande quantidade de cocaína...mais clique aqui
http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/policia-acha-bunker-semelhante-ao-das-farc-no-alemao-20101130.html

Polícia apreende oito sacos de cocaína no Complexo do Alemão.
Nova enfermaria do tráfico também foi descoberta.
A Polícia Civil apreendeu nesta tarde no Complexo do Alemão oito sacos de cocaína diluída, de aproximadamente um quilo cada, cocaína pura, maconha, equipamentos de uma pequena enfermaria do tráfico.
Foram encontrados ainda aparelhos para realização de pequenas cirurgias e um dicionário da enfermagem...mais clique aqui

PM descobre gatonet no Complexo do Alemão.
Central clandestina foi achada na locaidade conhecida como Loteamento.
Policiais militares encontraram na tarde desta terça-feira (30) uma central clandestina de TV a cabo, conhecida como popularmente como gatonet, na locallidade conhecida como Loteamento, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro.
Os PMs chegaram ao local após receberem uma informação do Disque-Denúncia. Ninguém foi preso...mais clique aqui

Traficante do grupo do Macaco-Aranha do Complexo do Alemão é presa.
Ela foi presa em São Pedro da Aldeia.
Policiais civis de São Pedro da Aldeia, na região dos Lagos, prenderam uma integrante da quadrilha de traficante preso durante as operações de combate a violência no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. A prisão foi resultado de uma investigação que durou um ano, onde foram listados os principais traficantes que agem em São Pedro da Aldeia...mais clique aqui

Polícia prende fugitivo do Alemão na zona oeste.
Traficante conhecido como William Negão foi preso em Senador Camará.
Policiais militares prenderam na tarde desta terça-feira (30) um traficante conhecido como William Negão nas proximidades da favela do Sapo, em Senador Camará, na zona oeste do Rio de Janeiro.
O criminoso, que seria segurança do bandido conhecido como Julinho CDD, que foi preso no dia anterior, foi flagrado armado na casa de uma tia. De acordo com a corporação, William Negão também fugiu do Alemão. Ele estava com uma pistola...mais clique aqui

Criminoso de Minas Gerais é preso no Alemão.
Homem era procurado por latrocínio.
As ações no Complexo do Alemão continuam neste terceiro dia de ocupação. Só na parte da manhã foram encontradas diversas armas, droga e uma pessoa foi presa.
Por volta das 15 horas desta terça-feira (30) um soldado do Exército deteve Éder André Ferreira, de 24 anos. Ele pilotava uma motocicleta sem habilitação, quando foi revistado pelo soldado. Éder está sendo procurado pela polícia de Minas Gerais por latrocínio...mais clique aqui

Facções perdoavam dívidas das pessoas que queimavam os veículos, diz PM.
Para comandante-geral, apoio das Forças Armadas possibilitou conflito menos sangrento.
O comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Mário Sérgio Duarte, explicou, em entrevista ao Balanço Geral nesta terça-feira (30), como a queima de veículos na última semana, que levou à reação das forças de segurança pública, está relacionada com as facções.
– As facções estavam perdoando dívidas para que as pessoas queimassem os veículos...mais clique aqui

Traficantes fugiram do Alemão por meio de duto do PAC, diz polícia.
Moradores relataram terem visto bandidos armados saindo de galeria de águas.
Policiais da DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente) afirmam que um grupo de cerca de 50 traficantes armados fugiu na noite de sábado (27) do Complexo do Alemão em direção ao morro do Adeus por meio de uma galeria de águas pluviais, parte das obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Os agentes se baseiam em relatos de moradores que presenciaram a fuga.
O duto em construção fica na estrada do Itararé, na região da favela da Grota, e os bandidos saíram, segundo a polícia, do outro lado da via até a rua Arapá, que dá acesso ao morro do Adeus - também parte do Alemão - para onde os suspeitos teriam fugido. Na ocasião, o morro do Adeus não estava cercado pelas forças de segurança.
A polícia informou inicialmente que a fuga teria sido por uma creche municipal, mas a obra do PAC fica ao lado do local. Mais tarde, a polícia corrigiu a informação. Os bandidos quebraram parte da grade que fica em um terreno na parte de trás da creche...mais clique aqui

Para chefe da Polícia Civil, prender chefões do tráfico é segundo plano.
Allan Turnowski diz que grande mérito da operação é a retomada de território.
O chefe de Polícia Civil do Rio, Allan Turnowski, disse nesta terça-feira que a operação policial deflagrada na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão já estava planejada e que só foi antecipada por causa dos ataques criminosos ordenados pela principal facão criminosa do Rio.
Em entrevista à rádio CBN, o delegado voltou a falar que o principal objetivo do Estado era o ganho de território e prisão dos seguranças e gerentes do tráfico.
- Nós sempre prendemos os líderes, só que a nossa máxima agora não é a prisão dos líderes e sim a retomada de território. Quando o líder é preso, normalmente vem outro e ocupa o lugar dele, numa retórica que acabava que a polícia ficava cansada e não resolvia o problema...mais clique aqui

Número de motos apreendidas pode chegar a 500, diz polícia.
Alguns modelos usados pelos traficantes chegaram a custar R$ 90 mil.
Até às 11h desta terça-feira (30), 340 motos já haviam sido apreendidas na favela Vila Cruzeiro, no complexo da Penha, e na complexo do Alemão. A expectativa do delegado Márcio Mendonça, da DRFA (Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis) é de que o total de apreensões na região chegue a 500 motocicletas, todas roubadas.
Os veículos foram levados para o Pátio Legal, em Deodoro. Quem teve a moto roubada pode consultar se o veículo foi apreendido pelo portal do órgão na internet (www.patiolegal.com.br) ou pelos telefones 2332-4356 ou 3369-8155. O Pátio Legal fica na avenida Duque de Caxias nº 334, na Vila Militar.
Segundo o policial, algumas motos estão avaliadas em R$ 90 mil, como uma BMW, usada por um dos chefes do tráfico ou a homens ligados diretamente a eles. As motos eram usadas para que os traficantes circulassem pela favela e para praticar crimes, devido à agilidade dos veículos...mais clique aqui

Polícia acredita que moradores jogaram fuzil no lixo.
Três carregadores e maconha também foram encontrados em caminhão da Comlurb.
A polícia acredita que moradores da favela da Grota, no complexo do Alemão, tenham jogado um fuzil calibre 7.62 na caçamba de um caminhão de lixo, na manhã desta terça-feira (30), em mais uma demonstração de que estão satisfeitos com a presença da polícia na região.
O caminhão da Comlurb passava pela rua Nova, também conhecida como rua do Óleo, quando o armamento, avaliado em R$ 50 mil, foi encontrado durante uma revista de militares do Exército dentro da caçamba...mais clique aqui

Na Favela da Rocinha sob o comando do traficante Nem venda de drogas e homens armados está liberado

.
Na Favela da Rocinha o tráfico é liberado, venda de drogas e homens armados são vistos a toda hora e em qualquer lugar !

Quando é que o Governo do Rio junto com as forças armadas botará um FIM nessa festa, e prenderá o verme do traficante Nem ou mandará ele para o inferno ?

Reprodução da Folha de São Paulo.

O clima de que a situação no Rio está "dominada" pela polícia não existe na maior favela da cidade. Na Rocinha, a venda de drogas e circulação de homens armados ainda ocorre à luz do dia.

Nem é preciso desbravar os becos e travessas para ver homens armados de pistolas e aviõezinhos vendendo papelotes de cocaína e de maconha no varejo. As cenas de tráfico são vistas na estrada que liga o bairro da Gávea à praia de São Conrado.

Por estar na zona sul, entre os bairros de classe média, a Rocinha é o centro de distribuição de drogas mais lucrativo para o tráfico no Rio. A comunidade é o próximo alvo da polícia, diz o governo.

No início da tarde de ontem, não havia policiamento. Homens com pistola na cintura subiam em motos, outros carregavam pacotes de um pó branco e adolescentes enrolavam cigarros de maconha e preparavam papelotes do que parecia ser cocaína.

Apesar da promessa de ocupação policial, o movimento na favela era normal para uma segunda-feira, segundo relato de moradores.

No fim de semana, moradores disseram à Folha que já estocam comida e água à espera de incursões policiais. Médicos do pronto-socorro da prefeitura dizem que colegas abandonaram o plantão.

Com a ocupação do Alemão surgiram boatos de que chefes do tráfico teriam se refugiado na Rocinha. Os médicos temiam incursões.

A prefeitura nega e diz que há apenas o registro de uma médica que pediu transferência da unidade, mas que trabalha normalmente.

As operações até agora não impactaram no preço da droga, segundo especialistas. "Boa parte é entregue em domicilio", diz o sociólogo Inácio Cano, da UERJ (Universidade do Estado do Rio).

Com a queda do tráfico a milícia vem crescendo assustadoramente no Rio de Janeiro

.
E a milícia que vem crescendo assustadoramente no Rio de Janeiro ?

Com o enfraquecimento do tráfico no Rio a milícia se tornará mais poderosa ainda, e aí ?

Reprodução do jornal Folha de São Paulo de hoje.

A Secretaria de Segurança do Rio não aponta elo entre a derrota dos traficantes no Complexo do Alemão e o fortalecimento das milícias. Mas a retomada do morro, chamado pelo secretário José Mariano Beltrame de "coração do mal", mostra o narcotráfico vulnerável, enquanto os milicianos têm avançado no crime organizado.

Para o antropólogo Luiz Eduardo Soares, coordenador de Segurança, Justiça e Cidadania no governo Anthony Garotinho (1999 a março de 2000) e secretário nacional de Segurança Pública no governo Lula (2003), "o tráfico, no modelo que se firmou no Rio, é uma realidade em franco declínio".

Ele é coautor de "Elite da Tropa 2", que tem como foco o avanço dos milicianos (policiais, bombeiros e agentes penitenciários que cobram taxa de moradores em troca de suposta proteção).

Em um texto publicado em seu blog (http://luizeduardosoares.blogspot.com), Soares afirma que "a polaridade referida na pergunta (polícias versus tráfico) esconde o verdadeiro problema: não existe a polaridade. Construí-la -isto é, separar bandido e polícia; distinguir crime e polícia- teria de ser a meta mais importante e urgente de qualquer política de segurança digna desse nome. Não há nenhuma modalidade importante de ação criminal no Rio de que segmentos policiais corruptos estejam ausentes".

Segundo ele, o tráfico é incapaz de competir com milicianos, pois estes ganham com drogas e com muitas outras atividades, como gás e TV a cabo clandestina.

"O modelo do tráfico armado, sustentado em domínio territorial, é atrasado, antieconômico: custa caro manter um exército, recrutar neófitos, armá-los (nada disso é necessário às milícias, posto que são policiais)", acrescenta o antropólogo.

Delegado da Polícia Civil que está à frente do combate às milícias, Cláudio Ferraz, coautor de "Elite da Tropa 2", endossa: "Os milicianos não têm investimento, só cobrança [de dinheiro]". Ferraz diz que os "cuidados devem ser constantes" para evitar que as milícias ocupem território.

Até a operação no Complexo do Alemão e na Vila Cruzeiro, das 1.006 favelas do Rio, as milícias dominavam 41,5%; o tráfico, 55,9%; e as UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), 2,6%, segundo dados do Nupevi (Núcleo de Pesquisas das Violências da Uerj). Implantadas pelo governador Sérgio Cabral (PMDB), as UPPs teriam motivado os recentes ataques.

"As milícias continuam crescendo. O que elas perderam foi representatividade política e aceitação pública", diz o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), que presidiu a CPI das Milícias em 2008, referindo-se às prisões do vereador Jerônimo Guimarães, então no PMDB, em 2007, e do deputado estadual Natalino Guimarães (ex-DEM), em 2008.

Complexo do Alemão - Traficante Zeu ao ser preso se mijou todo

.
O traficante Zeu é um frouxo e um covardão, se borrou de medo ao ser preso, e se mijou todo !!!

Esses vagabundos são muito valentes quando estão armados, e com os seus comaparsas, mas sozinhos no "mano a mano" são uma boiolas e medrosos, ou melhor uns mijões.

Deu sorte esse vagabundo do Zeu, foi preso vivo !!!

Reprodução do site R7.


O traficante Zeu, um dos condenados pela morte do jornalista Tim Lopes, em 2002, teria feito xixi nas calças assim que foi achado pela polícia debaixo da cama, em uma casa no complexo do Alemão, na tarde de domingo (28).

A polícia chegou até Eliseu Felício de Souza através de uma denúncia anônima. O criminoso estava com a mulher e a filha dentro de casa, na localidade de Coqueiro, no conjunto de favelas.


Complexo do Alemão - Últimas notícias sobre a guerra contra o crime

.

A guerra contra o crime continua, várias vitórias foram obtidas pelas forças policiais, mas ainda há muito o que se fazer.

O problema será agora o Governo do Rio conseguir manter a Vila do Cruzeiro e o Complexo do Alemão ocupados sem deixar outros pontos da cidade descobertos, por exemplo, foram os PM's da Ilha do Governador que prenderam o traficante Zeu, será que na Ilha o número de policiais foi reduzido ?

Uma coisa é certa, somente com a ajuda do Governo Federal, autorizando as forças armadas e a polícia federal atuarem no Rio de Janeiro será possível vencer essa guerra.

A conferir, e que o Rio de Janeiro seja vitorioso nessa guerra contra o crime.

Veja as últimas notícias sobre a guerra no Complexo do Alemão noticiadas pelo site R7.

Morador do Alemão vai à Justiça após ser confundido com traficante.
Homem foi apresentado como gerente na venda de drogas no complexo.
O balconista Cristiano Cassimiro Ferreira, de 18 anos, entrou com um processo contra o Estado do Rio de Janeiro, na segunda-feira (29), por danos morais após ser confundido e apresentado pelas forças de segurança à imprensa como um traficante de drogas. O episódio aconteceu no domingo (28), quando o Complexo do Alemão foi ocupado pela polícia e Forças Armadas...mais clique aqui

Cinco pessoas são presas com drogas na zona sul.
Suspeitos estavam em um automóvel na avenida Vieira Souto.
Policiais militares do Batalhão do Leblon detiveram, na madrugada desta terça-feira (30), cinco pessoas que estavam em um automóvel, na avenida Viera Souto, no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro.
Segundo os policiais, dois homens e três mulheres estavam no carro onde foram encontradas drogas, cuja quantidade não foi revelada...mais clique aqui

Traficante ligado ao complexo do Alemão é preso na Cidade de Deus.
Ele divide o ponto de vendas de drogas com o irmão, Paulinho Gago, na comunidade.
Um dos chefes do tráfico na Cidade de Deus, zona oeste do Rio de Janeiro, o Julinho, foi preso na noite desta segunda-feira (29) em um local conhecido como Quadra Quinze. De acordo com o delegado da 32ª DP (Taquara), João Luiz Garcia de Almeida e Costa, o criminoso é ligado ao esquema dos traficantes do Complexo do Alemão.
- Eles buscam as drogas na Chatuba, no Complexo do Alemão, entregam a um vapor que distribui nos locais destinados por eles...mais clique aqui

Mulher de segurança de Pezão é presa na Fazendinha.
Com ela, foram apreendidos uma arma e material para endolação de drogas.
Policiais militares prenderam na noite desta terça-feira a mulher de um dos seguranças do traficante “Pezão”. Marcele Otaviano, de 25 anos, foi presa em casa na Fazendinha, no Complexo do Alemão.
Marcele é mulher de Marcos Vinícius de Souza Barreto, o “Rambo”. Ele é apontado como um dos responsáveis pela distribuição de drogas em Cabo Frio, na região dos Lagos.
A polícia encontrou na casa do casal um revólver calibre 38, material para endolação de drogas e anotações com a contabilidade do tráfico de drogas...mais clique aqui

Ataques voltam: um carro é incendiado em Duque de Caxias.
De acordo com a polícia, bandidos da favela da Mangueirinha foram os autores.
Um carro foi incendiado na noite desta segunda-feira (29) na entrada do morro do Sapo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. De acordo com o 15º BPM (Duque de Caxias), bandidos da favela da Mangueirinha foram os autores do ataque. Os criminosos fugiram a pé.
O Corpo de Bombeiros conseguiu controlar as chamas. Ninguém ficou ferido. Os PMs estão apurando se o veículo incendiado, com palca de Minas Gerais, teria sido roubado...mais clique aqui

Traficante fugitivo do Alemão é preso em Volta Redonda.
Claudinho driblou as forças de segurança no cerco montado no complexo de favelas.
Mais um traficante foragido do Complexo Alemão foi preso na tarde desta segunda-feira (29) em Volta Redonda, na região sul fluminense. Luiz Cláudio Batista, o "Claudinho", de 39 anos, confessou que conseguiu driblar as forças de segurança no cerco montado na última sexta-feira (26) no conjunto de 15 favelas da zona norte do Rio de Janeiro...mais clique aqui

Moradores do Alemão reclamam de buscas e revistas da polícia.
Habitantes dizem que foram agredidos durante vistoria a casas.
Após a ocupação da polícia no Complexo do Alemão, no último domingo (28), moradores da região estão divididos quanto à atuação e à permanência das polícias e Forças Armadas no conjunto de favelas. Enquanto alguns apoiam a ação dos agentes de segurança, outros relatam casos de agressão e violência por parte dos policiais durante revistas e buscas nas casas...mais clique aqui

Um dos chefes da Cidade de Deus é preso em Inhaúma.
Carlinhos da CDD foi flagrado em um apartamento.
Agentes da delegacia da Penha (22ª DP), na zona norte do Rio de Janeiro, capturaram nesta segunda-feira (29) um traficante conhecido como Carlinhos da CDD.
Segundo a polícia, ele seria um dos chefes do tráfico na comunidade Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro. Carlinhos dominaria a localidade conhecida como Apês.
Carlinhos CDD foi preso em um apartamento próximo do cemitério de Inhaúma, na zona norte, próximo do Complexo do Alemão, de onde fugiu após a ocupação do último domingo...mais clique aqui

Polícia encontra armas enterradas em casa de segurança do tráfico no Alemão.
Agentes encontram fuzil, munições e drogas.
Agentes da 11ª DP, de Bonsucesso, apreenderam no fim da tarde desta segunda-feira (29) um fuzil 556, uma pistola, um revólver, munições, rádios comunicadores e drogas. Os materiais apreendidos estavam enterrados no quintal da casa do bandido Betinho, um dos seguranças do tráfico no Alemão...mais clique aqui