segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Traficante Nem da Favela da Rocinha com os dias contados ou é cadeia ou morte

.
Clique e veja a matéria da Rede Record, Domingo Espetacular, que diz quem é e como vive o traficante Nem da Favela da Rocinha



Apesar do Secretário de Segurança José Mariano Beltrame saber onde está, e o que tem na casa do traficante Nem, não foi movida uma palha para prender este vagabundo.

Isso é uma vergonha.

9 comentários:

  1. e alguém acredita nisso??

    + 1 piada do governo do Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  2. É ISSO AI PESSOAL, VAMOS NOS UNIR.
    SEM PEC 300/446 SEM DILMA
    FORA Michel Temmer,
    FORA Vacarezza,
    FORA SERGIO CABRAL,
    FORA Piccianni,
    FORA Cel PAUL,
    FORA Cel Jairo,
    FORA Wagner Montes,

    Nenhum destes Bostas Fizeram nada pelos PMs, BMs e PCs

    Em Outubro vamos dar o TROCO
    FORA CANALHAS

    ResponderExcluir
  3. ARNALDO;QUANTO AO 'FORA WAGNER MONTES',CREIO QUE VOCÊ ESTA UM POUCO MAL-INFORMADO!WAGNER MONTES SEMPRE DEFENDEU A CLASSE DOS POLICIAIS E BOMBEIROS,MAS INFELIZMENTENESSA MERDA DE ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA O DEPUTADO NÃO PODE APROVAR UMA LEI SOZINHO!ELE DEPENDE DOS OUTROS QUE ,QUASE SEMPRE NÃO QUEREM NADA COM NADA!E A CULPA É DOS HIPÓCRITAS DOS MORADORES DAS COMUNIDADES MAIS POBRES QUE VENDEM SEU VOTO EM TROCA DE FAVORES PESSOAIS OU POR MEDO DE MORRER!!!O POVO TEM DE ENTENDER DE VEZ POR TODAS QUE SE VOTAR NA OPOSIÇÃO PARA PREFEITO,TEM QUE VOTAR NA OPOSIÇÃO PARA VEREADOR,E QUEM VOTA NA OPOSIÇÃO PARA GOVERNADOR TEM QUE VOTAR NA OPOSIÇÃO PARA DEPUTADOS,SENADORES,ETC!!!MAS VALEU O COMENTÁRIO;PRECISAMOS MESMO NOS UNIR CONTRA TUDO ISSO QUE ESTÁ AI!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo blog Ricardo!!Após descobrir o blog sempre que posso faço uma visita.O descaso é total,todos estão cansados de saber que o bonde da Rocinha passa sempre por ali,ou foi a primeira vez que eles foram ao baile?Assim como eles os bonde passam na manhã de domingo pela 24 de maio saindo do baile Mangueira,eu mesmo já presenciei pois saio de manhã do trabalho e passo por lá,o bonde que cruza a Av.Suburbana no Jacarezinho já foi mostrado várias vezes na televisão e nada é feito...como foi em São Conrado a repercussão foi maior.Fora a canalhada!!!!!

    ResponderExcluir
  5. A “polícia pacificadora” de Cabral prende bandidos ou só os convida a mudar de método sem mudar de ramo?
    .
    Muito bom artigo, pena que é PROIBIDO ser veiculado na mídia do Rio de Janeiro.

    Reprodução da Revista Veja, Blog Reinaldo Azevedo.
    A invasão do Hotel Intercontinental, no Rio, sábado, por um bando pertencente à facção Amigos dos Amigos (ADA) poderia contribuir para a imprensa brasileira, a carioca em especial, ligar o desconfiômetro — se é que há interesse em fazê-lo. A que me refiro? Há algum tempo já, ando intrigado com o fenômeno da “Polícia Pacificadora” do governador Sérgio Cabral (PMDB), que tem servido para Dilma Rousseff exaltar o “modelo de segurança pública” adotado no Rio. Modelo?
    Um verdadeiro milagre está se operando. Os bandidos, segundo estou entendendo, desaparecem, evaporam — ou, então, convencidos subitamente de que o crime não compensa, mudam de vida, vão fazer outra coisa, decidem ganhar a vida honestamente. Vejam como é fabulosa a fórmula Cabral: uma “comunidade” — como se gosta de dizer por lá — é assombrada pelo narcotráfico, é sua refém. Aí o governador decide instalar no local uma unidade da “Polícia Pacificadora”. E os bandidos? Somem dali. Sei. E vão para onde? Alguém dirá: “Ora, Reinaldo, eles se refugiam onde ainda não existem as tais unidades”. Certo. Entendo que Cabral, um amigo do povo, vai querer estender essa forma de policiamento às demais “comunidades”.

    E os bandidos? Parece que, no limite, teriam de sair do Rio de Janeiro, né? Por que escrevo isso? Porque Cabral anuncia que o governo vai retomando o território, mas ninguém é preso. Não é fabuloso? Um grupo da turma que invadiu o hotel acabou capturada. Explica-se: ainda não eram bandidos “pacificados”. Em outros tempos, naquele outro Brasil em que, como diriam certos especialistas neolulistas, a “imprensa ainda não gostava do governo”, essas unidades “pacificadoras” estariam sob investigação jornalística. Não agora! Nos dias que correm, elas estão sob a adulação jornalística.

    Tenho certo receio — não é acusação, não; é receio mesmo, ditado pela lógica — de que essa política de segurança pública consista em uma espécie de pacto com os donos do morro, de sorte que ninguém atrapalhe ninguém: os bandidos deixam a polícia fazer o seu trabalho, impedindo os pequenos crimes dos pés-de-chinelo, e a polícia deixa os “donos do poder local” atuarem livremente no seu ramo de comércio, desde que não haja demonstração ostensiva de armas. E, assim, ficam todos pacificados.

    Da forma como as coisas estão, Cabral anuncia à imprensa ter descoberto a quadratura do círculo e recebe aplausos. Sem essa! Ou ele apresenta quem foi em cana ou apresenta os ex-bandidos regenerados e convertidos às nobres causas da cidadania. Hoje, no máximo possível da boa-vontade com a política de segurança do governador do Rio, a gente seria obrigado a concluir que os bandidos que estavam nas áreas agora “pacificados” só mudaram de endereço.

    Como norte geral, este escriba tem a certeza de que há uma importante diferença entre “pacificar uma comunidade” combatendo o narcotráfico e prendendo seus agentes e “pacificar a comunidade” convidando aqueles patriotas a mudar de métodos sem mudar de ramo de atividade. Mais ou menos como Lula fez com as Farc — quando sugeriu que elas disputem eleições. Sobre o pó, ele não falou nada.

    Mas isso ficará para o tempo em que o jornalismo estiver empenhado de novo em buscar notícia, não em “construir um novo Brasil”…

    ResponderExcluir
  6. wagner montes é um animador da palco , como politico é um imbecil total.

    ResponderExcluir
  7. nao contem com isso a rocinha e muito grande
    mais da metade da populaçao ele ajudou isso
    ke ali tem umas 200 mil pessoas ...tem muita gente de ... rabo preso ...com ele e mais facil
    prende o cabral por corrupçao do que o nem por
    droga... no entanto o cabral tem medo e sabe que
    se ele entra ali ele perde ...

    ResponderExcluir
  8. nunca vao conseguir prender ele

    ResponderExcluir
  9. NUNCA vão conseguir prender mesmo, o cara é esperto.. vcs acham q vai dar mole ficando aqui no Rio? JÁ TA LONGE A MUITO TEMPO..

    ResponderExcluir